UOL Empregos Grupos de Discussão
 

28/06/2010

Financeira é condenada por discriminar candidato com nome sujo. O que achou da decisão?

O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) de Campinas condenou a financeira Losango ao pagamento de indenização no valor de R$ 5 milhões por dano moral causado à coletividade, que será revertido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador. A empresa foi acusada de discriminar os trabalhadores que possuem restrições cadastrais nos órgãos de proteção ao crédito.

Com a decisão, a Losango não poderá continuar solicitando a assinatura de documentos que atentem contra a privacidade do trabalhador, sob pena de multa por descumprimento da obrigação de R$ 10 mil para cada irregularidade.

O caso foi parar na Justiça depois que investigações concluíram haver graves danos ao direito constitucional dos trabalhadores que se submetiam a processos seletivos na empresa, pois eles eram obrigados a assinar um termo no qual declaravam não existir “restrições cadastrais, títulos protestados, ações de qualquer espécie incluindo cobrança de tributos e ações penais ou processos administrativos” em seu nome, se comprometendo, em seguida, a liberar a financeira para proceder a verificação de informações a qualquer momento.


* As informações são do Última Instância.

O que você achou da decisão? Comente.